meus amores

quinta-feira, 26 de maio de 2011

ORFANDADE


Meu Deus,
me dê cinco anos.
Me dê um pé de fedegoso com formiga preta,
me dê um Natal e sua véspera,
o ressonar das pessoas no quartinho.
Me dê a negrinha Fia pra eu brincar,
me dê uma noite pra eu dormir com minha màe.
Me dê minha mãe, alegria sã e medo remediável,
me dá a mão, me cura de ser grande.
Ó meu Deus, meu pai,
meu pai.
Autora: Adélia Prado

10 comentários:

Mariz disse...

Lindos versos, como uma prece.

beijos de bom dia prá vc!

Mariz

Nel Santos disse...

Olá!!! Obrigada pela visita ao meu blog! Nossa, gostei muito daqui! Adélia Prado, Martha Medeiros... muito bacana o teu espaço!
E já estou te seguindo também, com prazer!

Carpe Diem pra você também! Gosto muito dessa expressão e a uso muito!!!!


Beijos!!

Zil Mar disse...

Oi Zina....
seu blog está lindo e vc está bonita na foto!

escolheu um dos mais belos poemas de Adélia Prado...me emociona ....

grande beijo....

Zil

Will disse...

Tão singelo e encantador esse post, Zina.
Gostei muito.
Abç e uma ótima tarde de quinta-feira.

Judite disse...



Boa tarde, Zina!

Vim te visitar e deixar minha mensagem:

"Não há nada no mundo que me faça infeliz, desde que creio em Deus e em mim próprio, feito à imagem do criador". (Hans Willing)

Que seus dias sejam abeçoados!

Deus seja contigo!


Blog Yehi Or!

www.hajalluz.blogspot.com

Simone Martins2 disse...

Boa noite...façamos um minuto de silencio para que tua homenageada possa ouvir tuas preces em forma de verso e prosa, oração...bela homenagem e saiba que ela deve estar num lugar bem melhor agora...Fique na paz de DEUS...xauzinho

Everson Russo disse...

Lindos versos em forma de uma bela oração,,,grande beijo de bom final de semana pra ti querida amiga.

Vivian disse...

Bom dia,Zina!!

Bela poesia da Adélia!!!Uma verdadeira prece, do fundo da alma...
*Já eu gosto de ser grande...
Beijos pra ti amiga!!
Tenha um ótimo final de semana!

Eliete disse...

Bom dia, Zina. Somente agora é que meu computador está mais rapidinho e então posso postar comentários e dar um alô para minhas amigas. Adoro este poema de Adélia, ou melhor, tudo que ela escreve.bjs

Iza Carmo disse...

Que lindo seu blog! Parece um jardim. Ou melhor, parece um oásis... Bjo.