meus amores

terça-feira, 30 de agosto de 2011

COM O CORAÇÃO ABERTO

Às vezes, na estranha tentativa de nos defendermos da suposta visita da dor, soltamos os cães. Apagamos as luzes. Fechamos as cortinas. Trancamos as portas com chaves, cadeados e medos. Ficamos quietinhos, poucos movimentos, nesse lugar escuro e pouco arejado, pra vida não desconfiar que estamos em casa. A encrenca é que, ao nos protegermos tanto da possibilidade da dor, acabamos nos protegendo também da possibilidade de lindas alegrias. Impossível saber o que a vida pode nos trazer a qualquer instante, não há como adivinhar se fugirmos do contato com ela, se não abrirmos a porta. Não há como adivinhar e, se é isso que nos assusta tanto, é isso também que nos dá esperança.

É maravilhoso quando conseguimos soltar um pouco o nosso medo e passamos a desfrutar a preciosa oportunidade de viver com o coração aberto, capaz de sentir a textura de cada experiência, no tempo de cada uma. Sem estarmos enclausurados em nós mesmos, é certo que aumentamos as chances de sentir um monte de coisas, agradáveis ou não, mas o melhor de tudo, é que aumentamos as chances de sentir que estamos vivos. Podemos demorar bastante para perceber o óbvio: coração fechado já é dor, por natureza, e não garante nada, além de aperto e emoções mofadas. Como bem disse Virginia Woolf, “não se pode ter paz evitando a vida.”

9 comentários:

Van disse...

Quanto mais se evita a vida por medo de viver, mais o medo vem te assombrar.

Beijos, Zina!

♪ Su the best♫ disse...

Muitas vezes é necessário se abrir pra vida,parar de se esconder e conquistar o teu verdadeiro espaço!ótima semana pra vc!=)

Denise Portes disse...

É assim a vida e o caminho, cheio de aprendizados.
Um beijo
Denise

O meu pensamento viaja disse...

Maravilhoso este texto!
Já tinha saudades tuas e, agora que te reencontro, vejo o quanto tenho perdido.
Não sei dizer o porquê desta ausência ... será o tempo ou a falta dele que limita os nossos contactos?
Certo é que fiquei a perder com a distância.
Beijo, flor e volto a agradecer o texto incrível.

♫ ♪ Wilson Miguel ♫ ♪ disse...

Querida amiga,

Com muito carinho deixo aqui minha mensagem para você.


Quando temos um relacionamento diário com Deus, aprendemos a confiar em todos os momentos, não importa o que aconteça. Sabemos que Deus é o nosso único amigo, pois jamais se afastará de nós.
Ele transmite paz interior, segurança, felicidade duradoura e plena, só Dele podemos esperar o amor e proteção.

Beijo de luz no seu coração.
http://hajalluz.blogspot.com

Deus abençoe sua família!Amém

Malu disse...

Por mais difícil que tudo parece é imprescindível correr riscos.
Acertar e errar e sendo assim ganhar experiências.
Na verdade tudo dói, mas tudo vale a pena.
Abraços

Van disse...

O medo de sentir dor pode ser mais angustiante do que a própria dor, é preciso controlá-lo.

Bom domingo, Zina, beijos!

O meu pensamento viaja disse...

Querida Zina, espero também que, qual mudinha frágil, a nossa amizade cresça e se transforme em árvore robusta que garanta a nossa ligação, entre dois continentes.
Beijos

Sonhadora disse...

Minha querida

A vida é feita de pequenos momentos de felicidade,não os podemos deixar escapar que ela passa tão rápido.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora